02 fevereiro 2011

O Legado (Vol. Zero) - O Segundo Clã

Postado por Luisa Ortega às quarta-feira, fevereiro 02, 2011
É com enorme prazer que comunico, mais uma parceria fechada.

Agora com o Kleberson Carvalho, mais conhecido como "Minoda"

Fiz algumas perguntas e o Minoda foi muito simpatico em responder todas elas: 

Sobre o Autor:

Nome: Kleberson Carvalho de Souza (Mas como disse, Minoda também, hahaha)
Nascimento: 05.12.1991 na cidade de São Bernardo do Campo em São Paulo, onde vivo até hoje (Sou um jovem autor, 19 anos apenas, hahahahahahaha).
Curso Técnico Administrativo, na ETEC Lauro Gomes (O que convenhamos, não é lá grande coisa, né, rs); Mas pretendo cursar Publicidade e Propaganda, muito em breve.
E como hobbie, gosto de tocar violão ou guitarra, desenhar bastante e claro, escrever. Como costumo dizer, sou um beta-humano, como qualquer um, sempre absorvendo novos aprendizados e desenvolvendo as habilidades que já tenho. E é por isso mesmo que resolvi passar de um escritor de contos (Como vemos no www.sobrecontoseoutros.blogspot.com) para um escritor de um ebook (como veremos em www.osegundocla.blogspot.com :D).


Como surgiu a idéia?

A ideia do livro veio em mente de uma forma interessante.
Sou apaixonado por livros. Sempre que posso dou uma passada na livraria do shopping aqui perto de casa, ainda que seja apenas para dar uma olhada nas novidades que sempre saem. Deve ser coisa de escritor, mas, assim como todas as ideias de contos e tive, nunca precisei ficar sentado por horas a fio tentando imaginar um tema interessante e que daria um bom livro. Estava eu apenas andando entre os corredores da livraria os olhando livros, títulos, capas, enfim... Quando resolvi subir para o andar de CDs, filmes, etc. Não demorou muito para eu enxergar um exemplar de alguma temporada de Heroes. Após alguns instantes acabei segurando meu celular, e como sou um grande fã da saga de Saw (Jogos Mortais), meu wallpaper era a imagem do Billy. Imediatamente minha cabeça foi invadida por inúmeras ideias, personagens, enredos, ambientes... Tudo foi se formando sozinho, quase que involuntariamente em meus pensamentos. Tudo isso há um ano e meio atrás, aproximadamente. Quando cheguei em casa, fui logo tentando colocar tudo no papel. Mas até então, eu tinha uma grande dificuldade de dar vida a algo, relativamente, tão grande. Eu escrevia textos dispersos um do outro, e todos precisavam de uma ligação. Como até então eu não tinha, me desanimava.
Desde então essa história sempre ficou na minha cabeça, pois sempre acreditei que o mundo hoje vive uma pseudo-ficção, se assim posso dizer. Antigamente, não havia nada mais real do que Deus, Jesus Cristo, religião. Ainda que isso seja contraditório, mas as pessoas acreditavam. E consequentemente, não havia nada mais fictício do que extraterrestres, zumbis, vampiros e principalmente o Fim do mundo. Mas hoje, os papeis se inverteram. Vivemos tão próximos do “fim do mundo” tão próximos de vampiros, ETs, um Apocalipse Zumbi... Que de fato, pedimos ficção, pedimos algo fantasioso, mas ao mesmo tempo real, porque ninguém mais quer saber de uma história que sempre termina bem, pois na realidade, nem sempre tudo termina bem. As pessoas querem se ver imersas em um universo novo, querem se sentir os personagens, querem se identificar e ver como que tudo o que está escrito, é tão real e presente em suas vidas, que parece misturar as histórias com a realidade.
Essa é minha ideia.
A estória não mostra um grupo mutantes que tem poderes sem consequências, ou com apenas benefícios por trás do seu uso. Mesmo porque, o corpo humano já tem suas fraquezas mesmo sem precisar se esforçar tanto para fazer o que necessitamos, imagine se pudéssemos nos teletransportar, nos desintegrarmos completamente de um local e refizéssemos cada célula em outro. Se pudéssemos fazer cada objeto que tocássemos, pegar fogo, ou controlar o tempo... Acredite, não seriamos JAMAIS um grupo como os X-men, por exemplo, hahahahaha.
É exatamente isso que quero mostrar. Um grupo de pessoas que tem que lidar com fraquezas muito grandes dos seus corpos, e que enfrentarão muitos mais problemas ainda. Oras, não é assim que acontece na vida real? Ou eu deveria dizer, na pseudo-ficção em que vivemos hoje?

Qual é o seu gosto literário, Minoda?

Gosto muito de Dan Brown e Markus Zusak, principalmente o último. Atualmente estou lendo a mais consagrada saga de Stephen King: A Torre Negra. E se eu pudesse indicar algum livro para alguém, certamente ficaria em dúvida entre ‘O símbolo perdido’ de Dan Brown e ‘A menina que roubava livros’ de Markus Zusak.

Redes Sociais e Endereços de Web (suas obras literárias)


Clique no Banner abaixo para conhecer seus trabalhos: 





Obrigada Minoda, por responder minhas perguntas  \o/

Vamos prestigiar novos talentos pessoal, leiam  comentem dê sua opnião. Ela é muito importante para todos nós.

Em breve disponibilizarei o 1° Capitulo aqui =)

Comente para concorrer marcadores, agora serão dois sorteados:  AQUI

3 comentários:

Ralf disse...

O livro foi lançado? É que eu nunca ouvi falar desse livro. Gostei da entrevista. E mais uma parceria :D! Espero que o meu blog seja assim.

Srta. Bibliófila disse...

Que parceria legal!
O escritor é bem jovem mesmo, legal a forma como ele decidiu escrever, sendo assaltado por ideias.

Beijos

Anônimo disse...

A idéia não tem fundamento literário. As pessoas não querem "saber" de vampiros, heróis, zumbis e etc. As pessoas leem livros por que sentem que nele a uma realização de um desejo seu. Um sonho.
Não importa se há ets, ou pessoas reais em um livro. o que realmente é importante é como essa história influencia ou relembra fatos marcantes da sua vida.
Enfim. Em minha opinião a história é fraca, e estará perdida em meio a tantas outras histórias de personagens com super-poderes, independente da forma que utilizem.
A comparação com o x-men é falha uma vez que conhecedor da real história de x-men, saberia que há sim falhas apontadas pelo autor em cada personagens. Afinal x-men é um grupo de humanos que desenvolveram habilidades especiais, um grupo de humanos.

Postar um comentário

Olá! Seja muito Bem Vindo(a) ao Bookaholic Fairy

É uma honra ter você como seguidor do blog.

Deixe sua mensagem que ficaremos muito felizes.


Aviso: Comentários Anônimos estão proibidos.

 

Bookaholic fairy 2011 Desenvolvido por Ipietoon e totalmente modificado por Julia